Dicas de Saúde



A cerveja é uma das bebidas alcoólicas mais antigas e mais consumidas do mundo, e a terceira bebida mais popular em geral (somente o chá e a água estão acima dela). A primeira foi feita há quase 7000 anos. Foi apresentada em cerimônias religiosas, louvada na literatura, e valorizada por suas propriedades medicinais. O que os antigos suspeitavam sobre os benefícios à saúde do consumo de cerveja, a ciência dos nossos dias continua comprovando.

Ironicamente, o excesso pode danificar os mesmos órgãos que o consumo moderado (aproximadamente duas latinhas por dia para homens e uma para mulheres) pode beneficiar, portanto fique esperto e não abuse. Aqui estão apenas 6 razões para você beber umas latinhas hoje a noite:

1. Diminui o risco de câncer.



Um estudo feito em 2001 na Universidade da Praga informa que os flavonoides encontrados no lúpulo da cerveja compartilham uma estrutura semelhante a do estrogênio, o que pode diminuir o risco de câncer relacionado com hormônios como câncer de próstata e de mama. Estes flavonóides também demonstram ser muito promissores no alívio dos sintomas da menopausa.

2. Fortalece os ossos.

Segundo os pesquisadores na Universidade de Tufts, a cerveja contém altos níveis de silício, que ajudam a absorção de cálcio e outros minerais pelo tecido ósseo, especialmente em homens e mulheres jovens.

3. Aumenta a capacidade cerebral.



Um estudo da Universidade de Harvard publicada no New England Journal of Medicine informou que o consumo de cerveja moderado contribuiu para aumentar a capacidade mental em mulheres mais velhas. Além disso, um artigo publicado em 2003 no Journal of the American Medical Association sustenta que os indivíduos com 65 anos ou mais que bebem de uma a seis cervejas por semana apresentam menor probabilidade de sofrer de demência.

4. Ajuda o coração.

Os pesquisadores na Universidade Rockefeller concluíram que o álcool aumenta níveis de lipoproteínas de alta densidade, o bom colesterol que transporta o colesterol em excesso ao fígado para ser eliminado e confere ao sistema circulatório capacidades anti-inflamatórias e se anticoagulantes. Além do mais, um estudo de 2006 conduzido pelo Beth Israel Deaconess Medical Center e pela Harvard School of Public Health reportou que os homens saudáveis que bebem moderadamente obtêm uma redução de 40 a 60 por cento no risco de ataques de coração.

5. Mantém células saudáveis.

Os pesquisadores nos Países Baixos descobriram que bebedores de cerveja apresentam os mais altos níveis da vitamina B6, que desempenha um papel crucial no metabolismo de células vermelhas do sangue e na síntese de neurotransmissores, vital para a função cerebral normal.

6. Diminui as pedras.

Possivelmente por causa do seu alto conteúdo de magnésio, a cerveja foi comprovada como redutora na incidência de pedras de vesícula e pedras de rim; segundo os pesquisadores na Finlândia, o consumo de uma cerveja por dia ajuda a diminuir o risco de pedras nos rins em 40 por cento.


Estou me sentindo muito melhor agora... e lembre-se sempre: Se dirigir não beba, se beber me convida!

Fonte: Sem Sacanagem.